Notícias Associadas

Cemig promove o encerramento do curso de gestão energética

01/07/2016
Fonte: Cemig 

Projeto da indústria Cemil foi selecionado entre os trabalhos apresentados pelos alunos 

A Cemig promoveu, através do Programa Educacional de Eficiência Energética - Indústrias (PEEE), nessa quinta-feira (30/06), o encerramento do curso Gestão Eficiente de Energia. Foram apresentados projetos de eficiência energética, que trataram das possibilidades de diminuir o consumo de energia, reduzir a demanda e os gastos, além de aumentar a capacidade produtiva.

A intenção do curso do PEEE – Indústrias é criar uma nova cultura para mudar conceitos e paradigmas e fazer com que as empresas tenham um novo ponto de vista. Além disso, a troca de ideias entre funcionários de empresas de diferentes áreas viabilizou o desenvolvimento de projetos efetivos.

Segundo Marco Aurélio Monteiro, coordenador do PEEE, o curso alcançou resultados satisfatórios, que compensaram os gastos. “O investimento do curso de R$ 2 milhões já é compensando pelos três primeiros projetos. Essas iniciativas podem gerar cada uma, cerca de R$ 1 milhão”, afirma o coordenador. O curso ainda permitiu às empresas formarem um portfólio com os projetos, que contribuem para o aumento de sua competitividade no mercado.

Eficiência Energética

O momento econômico do País mostra a necessidade de as empresas adotarem políticas de gestão energética. A preocupação em ter um melhor custo-benefício somado à questão da sustentabilidade ambiental faz com que as indústrias procurem soluções viáveis na área de eficiência. As políticas de gestão de energia se mostram como uma solução viável, já que no final das contas, os investimentos em eficiência energética saem mais baratos que os investimentos em geração.

Willer Geraldo Alves, assessor de automação da indústria de laticínios Cemil, ficou em primeiro lugar e foi premiado pelo projeto desenvolvido na empresa. A sua iniciativa foi na área de sistema de frios, no setor de automatização do sistema. Segundo Willer Geraldo Alves, o curso permitiu a empresa ter uma visão mais ampla e fazer um diagnóstico relativo ao desperdício de energia.

A empresa onde Willer trabalha implantou uma comissão interna de conservação de energia, a fim de reduzir gastos e ser mais eficiente. Com o desenvolvimento do projeto, a empresa teve ótimos resultados. “A gente conseguiu atingir uma economia em torno de 800 megawatts por ano, o que dá na nossa conta de energia praticamente R$ 400 mil”, conta Willer.

Gestão Eficiente de Energia

O curso foi proporcionado pelo Programa de Eficiência Energética da Cemig, através do PEEE. O objetivo é capacitar profissionais para que se forme uma cultura direcionada ao uso sustentável e consciente nas empresas. Assim, será possível reduzir o consumo e a demanda de energia, o que contribui para uma economia na conta do cliente.

Com duração de 14 meses, o curso contou com a participação de 60 alunos de diferentes empresas. Ao final, todos receberam o certificado de conclusão e os projetos mais bem avaliados foram premiados. As pesquisas giraram em torno da questão da eficiência energética, de forma que os participantes receberam um treinamento à distância, além de participarem de eventos presenciais.

O desenvolvimento dos projetos fica a critério de cada empresa. A ideia é que os alunos levem a experiência que tiveram para dentro de sua instituição, busquem implementar o projeto elaborado e continuem a realizar pesquisas na área de gestão energética.



[ topo ]